Redes Sociais

Twitter Facebook

Moodle

Acesso ao Moodle

Newsletter




Construindo Metodologia de Atendimento no Centro de Referência da Assistência Social – CRAS

Objetivos:

– Fornecer aos profissionais instrumentação ético-jurídico-política, teórico-metodológica e técnico-operacional para fortalecimento da Proteção Social Básica com enfoque na discussão das atribuições dos vários trabalhadores do SUAS em conformidade com a NOB/SUAS e NOB/RH;

-Contribuir para o aprimoramento das ações sociais dos Centros de Referência da Assistência Social no que tange as atribuições da coordenação, dos assistentes sociais, psicólogos e outros profissionais que atuam no CRAS;

– Implementar ações que criem condições efetivas para viabilizar o atendimento das famílias referenciadas no CRAS de acordo com a Política Nacional de Assistência Social, NOB/SUAs e RH, levando em conta o acúmulo de experiências dos profissionais envolvido

– Incrementar Protocolos e metodologia de trabalho de natureza participativa, intersetorial e interdisciplinar, imprimindo dimensões investigativa, formativa e interventiva no exercício profissional cotidiano no espaço do CRAS;

Público:

Equipe técnica da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Rede Socioassistencial – psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, advogados, educadores sociais, coordenadores e outros trabalhadores do SUAS.

Metodologia:

A metodologia proposta para a realização desta capacitação é de encontros sistemáticos, as quais consistirão de conteúdos emergentes da prática com a reflexão-ação do fazer profissional no CRAS. Construção de instrumentos de intervenção pelas equipes e formar de monitoramento e avaliação.

Conteúdos:

I – Política Nacional de Assistência Social;

II – Conceitos e bases da organização do SUAS;

III – Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais/Certificação das Entidades e organizações da Assistência Social;

IV – Níveis de Proteção Social: Básica e Especial (média e alta complexidade;

V – Proteção Social Básica: Centro de Referencia da Assistência Social;

VI – Protocolo de atendimento: referencia e contra referencia das famílias;

VII – O trabalho da equipe técnica;

VIII – Instrumentos de conhecimento das famílias: Plano de Promoção Familiar, monitoramento e avaliação;

IX – Modalidades de Trabalho com Famílias.

Carga horária: 40 horas

 

Solicitem propostas em cedeps@cedeps.com.br

Voltar para o Topo